amor_dividido 

Queria-me, mas não me amavas todo,

Escondida na farsa e no engodo,

Não me levaste ao extremo da ternura…

Tive sorrisos, mas não risos de amantes,

Enchias de ilusão os meus instantes,

Um dia aconteceu o meu receio,

Por dividires teu amor ao meio,

Cancei-me  de tua cínica dubiedade.

Tiveste, então, a paga, em amarga hora,

Minha paixão um dia, foi-se embora,

Por não saber viver pela metade 

Noticia me vem agora, tudo acabado,

De que nunca foste dona de um passado,

E que teu presente nem história tem

Enquanto isso, vivia eu entristecido,

Por pouco teria enlouquecido

Por um amor dividido com ninguém

                                 

                                  OLAVO DRUMMOND     

                              

Anúncios