COMO DAR CONSELHOS EXCELENTES (SEM LEVAR PATADAS)?

Written by Rodrigo Santiago
discussao

Às vezes nós estamos vendo alguém que, claramente, precisa de algum tipo de ajuda. Às vezes, o problema está claro para nós mesmos, e quando vamos manifestar nossa opinião, levamos aquela bronca. Aquela grande “porrada”, que faz a gente se arrepender de ter nos manifestado. Até mesmo amizades, romances, famílias… Um monte dessas relações terminam por causa de conselhos mal colocados, muitas e muitas vezes por ano.

Já aconteceu isso contigo? Posso apostar que sim, em algum grau. Todos nós, que estamos ligados em melhorar o mundo em que vivemos, temos esse grande dilema: como ajudar alguém que está fechado para ajuda? Estas são algumas técnicas que trarão mais segurança pra que você possa afetar a vida das pessoas à sua volta.

CONSELHOS: SE FOSSEM BONS, NÃO SERIAM DADOS, MAS SIM, VENDIDOS!

Antes de mais nada, é preciso se atentar pra esse ditado, porque ele tem o seu valor. Quantos maus conselhos são dados todos os dias? Quantas pessoas invariavelmente mandam outras pessoas para o buraco por causa daquela palavrinha, que era pra ser amiga, mas acaba sendo destrutiva?

Esse ditado surgiu, obviamente, porque a quantidade de maus conselhos é realmente gigantesca. Você já recebeu um mal conselho e sacou na hora? Aposto que sim. A gente tem uma mania muito feia de achar que está sempre certo, e impulsivamente sai por aí metendo o bedelho na vida dos outros, ou chutando o bedelho dos outros da vida da gente…

É como se diz por aí: de médico e louco, todo mundo tem um pouco. Acho que temos um bocado de “juiz” também.

Leia mais…

Anúncios