Posts from the ‘Comportamento’ Category

VOCÊ NA VIDA REAL X VOCÊ NA INTERNET

Mentiras na net são tão normais quanto ir à casa da avó aos domingos. Olha só essa comparação com fotos de pessoas na vida real e como elas se promovem na web:

Anúncios

CALA A BOCA!

 

“A palavra é prata, o silêncio é ouro”, não é à toa que o provérbio chinês nunca deixa de ser citado. No ambiente de trabalho, por exemplo, tudo o que você pensa deve ser repensado antes de ser pronunciado.

Mais no AreaH:
Contraproposta: Solução ou cilada?

Para construir a credibilidade, você traça um caminho longo de ideias e resultados, mas, para destruir todo este legado, basta falar uma frase de mau gosto e deixar que ela se propague pelos departamentos da empresa. O site AreaH consultou especialistas em recursos humanos e separou dez dicas sobre o que não falar no ambiente de trabalho. Anote!

1. “Eu não preciso do dinheiro” ou “eu não trabalho por dinheiro”

Cuidado com esse tipo de colocação. Pode até ser que você tenha uma boa situação financeira, que seus pais ajudem você no complemento da renda, mas não é de bom tom afirmar isso, até porque você nunca vai ser o primeiro a ser lembrado na lista do chefe para ter um aumento, e, mesmo quem não precisa de dinheiro, gosta de dinheiro.

2. Não faça ameaças

“Se não for dessa forma, eu vou pedir demissão”. As ameaças representam um sinal de fraqueza. Se você tem um problema, tente resolvê-lo da forma mais adulta possível, coloque a situação que te incomoda para seu superior e não se comporte como um bebê chorão, que não gosta de ser contrariado.

3. “Que roupa é essa?”

O jeito que as pessoas se vestem não interfere na produtividade delas. Gosto não se discute. Se um colega de trabalho estiver mal vestido, não torne isso público, é ofensivo, humilhante e queima o filme, gerando desconforto e antipatia geral no escritório. Aprenda a guardas certas opiniões.

4. Nunca diga qualquer coisa em particular que você não diria publicamente

Gerentes e diretores discutem muitos assuntos a portas fechadas, isso é natural. Se você ainda não chegou a esta posição, lembre-se de não tornar público um comentário que você não faria na frente de todos. Opiniões negativas podem destruir sua imagem na empresa e deixar você taxado como fofoqueiro.

5. Não afirme que você está “in” com o chefe

Seu chefe pode gostar de você, mas negócios são negócios e a simpatia recíproca entre vocês dois nunca vai mudar a máxima do mundo corporativo. Antes de achar que você é bem quisto, desenvolva um bom trabalho, este é o caminho.

6. Não subestime a capacidade dos outros

Você é esperto, que bom, mas sempre vai existir alguém mais esperto que você. Não diminua a capacidade das pessoas que trabalham com você. Se eles são bons ou não no que fazem é o gestor que deve analisar, não você.

7. Não faça leilão

Quando você diz ao chefe: “Recebi uma proposta para ganhar mais”, isso deve ser verdade. Não invente esse tipo de argumento para tentar um aumento. Fazer leilão mostra que você só está interessado no dinheiro e nem sempre no trabalho oferecido.

8. Não se proponha a fazer o que não sabe

Você quer, a todo custo, ser um cara mais importante na empresa em que trabalha e para isso se oferece para fazer uma tarefa que não domina.  O caminho é, antes de tomar uma responsabilidade para si, dominar o assunto, do contrário, fique na sua para não destruir sua credibilidade.

9. Não comente sobre as mulheres do escritório

Antes de falar sobre as mulheres que trabalham na mesma empresa que você, principalmente se você for funcionário novo, certifique-se que ela é livre. Imagine se a mulher que você está elogiando loucamente for namorada de alguém do mesmo departamento que o seu ou outro qualquer. Também evite fazer fofoca sobre romances do escritório, exemplo: “Sicrano já pegou a Beltrana”. É extremamente deselegante.

10. Não levante a bandeira do outro

Você é um cara valente e adora comprar uma briga, ou melhor, qualquer briga. Esfrie a cabeça e não arrume encrenca no trabalho por conta das reclamações de outras pessoas. Fazer motim é absolutamente prejudicial para sua imagem com os gestores, e brigar não é o caminho, conversar antes é sempre melhor.

http://br.noticias.yahoo.com/cala-a-boca-.html

AUTENTICIDADE

***

***

‎”Como eu não tenho o dom de ler pensamentos, eu me preocupo somente em ser amiga e não saber quem é inimigo. Pois assim, eu consigo apertar a mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria por mim o mesmo.”                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      

(Desconheço a autoria)                                                                                                                                                                                                                                                           

AMIGOS LEAIS

***

***

‎”Costumamos dizer que amigos de verdade são os que estão ao seu lado em momentos difíceis.

Mas não!

Amigos verdadeiros são os que suportam a tua felicidade!

Porque em um momento difícil qualquer um se aproxima de você.

Mas o seu inimigo jamais suportaria a sua felicidade!”

(Padre Fábio de Melo)

COR DE ROSA

******

Porque a minha vida está cor de rosa.
Porque eu consegui de alguma forma transmitir o que queria.
Porque nada me tira o humor.
Porque eu te amo.
Porque eu sei que com garra, determinação, ousadia, vontade, e dando a cara a tapa, consigo mostrar quem sou.
Porque se não sei alguma coisa, posso aprender.
Porque sou extremamente educada, inclusive com quem não merece.
Porque só sou direta e por vezes afiada com quem pega a faca pela lâmina.
Porque as pessoas a minha volta sabem bem o que transmito.

FÁCIL ENCONTRAR DEFEITOS NOS OUTROS.
PORQUE CADA UM IDENTIFICA NO OUTRO O QUE VÊ EM SI MESMO.
É A DISTORÇÃO DA REALIDADE PLANTADA POR CONVENIÊNCIA.

***

(Desconheço a autoria)

FÁBULAS

Versão atribuída a Esopo:

A Raposa e a Cegonha

A raposa e a cegonha mantinham boas relações e pareciam ser amigas sinceras. Certo dia, a raposa convidou a cegonha para jantar e, por brincadeira, botou na mesa apenas um prato raso contendo um pouco de sopa. Para ela, foi tudo muito fácil, mas a cegonha pode apenas molhar a ponta do bico e saiu dali com muita fome.

– Sinto muito, disse a raposa, parece que você não gostou da sopa.
– Não pense nisso, respondeu a cegonha. Espero que, em retribuição a esta visita, você venha em breve jantar comigo.

No dia seguinte, a raposa foi pagar a visita. Quando sentaram à mesa, o que havia para o jantar estava contido num jarro alto, de pescoço comprido e boca estreita, no qual a raposa não podia introduzir o focinho. Tudo o que ela conseguiu foi lamber a parte externa do jarro.

– Não pedirei desculpas pelo jantar, disse a cegonha, assim você sente no próprio estômago o que senti ontem.

Quem com ferro fere, com ferro será ferido.

***

***

Eis uma fábula de La Fontaine:

A Cobra e a Lima

Conta-se que uma cobra vivia próxima de uma joalheria.
Certa vez, morta de fome, entrou ali, procurando restos de comida, nada achando, põe-se a roer desesperadamente uma lima.
A lima então lhe diz: -que pretendes, infeliz?
Não vez que sou feita de aço?
E que assim, sem mesmo me prejudicar, você estará prejudicando a si mesma?
Percebe que logo não terá dentes para usar, e eu continuarei assim a mesma?…
***
***
Essa fábula foi nitidamente inspirada pela narrativa a seguir, atribuída a Esopo
A Lima e a Doninha

Uma doninha entrara no ateliê de um ferreiro
e se pôs a lamber uma lima que estava no chão.
Sua língua começou a sangrar abundantemente.
Ela não se deu por vencida, achando que era o ferro que estava sendo comido.
Quando se deu conta, estava sem a língua.
Quem gosta de contenda trabalha pela própria desgraça.

***

***

A Raposa e a Uva

Coagida (impelida) pela fome, a raposa cobiçava o cacho de uva
na alta parreira, pulando com todas as forças;
como não pôde tocá-la, disse, afastando-se:
“Ainda não está madura: não quero apanhá-la verde”
Os que diminuem com palavras, as coisas que não podem fazer, deverão aplicar para si este exemplo.

***

        ***

http://faroldasletras.blogspot.com

NADA A FAZER

***

***

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.

Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição.

Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido.

Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho…o de mais nada fazer.

(Clarice Lispector)