O Dia Mundial da Criança, oficialmente, é 20 de novembro, data que a ONU reconhece como Dia Universal das Crianças por ser a data em que foi aprovada a Declaração dos Direitos da Criança. Porém, a data efetiva de comemoração varia de país para país.

Em Portugal

Em Portugal, o dia das crianças é festejado em 1 de Junho, pois o mês de Maio homenageia Maria, mãe de Jesus. O dia da criança foi comemorado, pela primeira vez, no mundo inteiro a 1 de Junho de 1950.

No Brasil

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de “criar” o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.

Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a “Semana do Bebê Robusto” e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes!

Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos no Brasil.

A DATA EM OUTROS PAÍSES

  • Albânia – 1 de junho
  • Alemanha – 20 de setembro
  • África Central (Congo, República Democrática do Congo, Camarões, Guiné Equatorial,  Gabão, Chade, República Centro-Africana, São Tomé e Príncipe) – 25 de dezembro
  • Angola – 1 de junho
  • Argentina – segundo domingo de agosto[2]
  • Armênia – 1 de junho
  • Austrália – quarta quarta-feira de outubro
  • Azerbaijão – 1 de junho
  • Benim – 1 de junho
  • Bielorrússia – 1 de junho
  • Bósnia e Herzegovina – 1 de junho
  • Brasil – 12 de outubro [3]
  • Bulgária – 1 de junho
  • Cabo Verde – 1 de junho
  • Camboja – 1 de junho
  • Canadá – 20 de novembro
  • Cazaquistão – 1 de junho
  • Chile – segundo domingo de agosto
  • Colômbia – último sábado de abril [4]
  • Coreia do Norte – 2 de junho
  • Coreia do Sul – 5 de maio
  • Costa Rica – 9 de setembro
  • Croácia – 1 de junho
  • Cuba – terceiro domingo de julho
  • El Salvador – 1 de outubro
  • Equador – 1 de junho
  • Eritreia – 1 de junho
  • Eslováquia – 1 de junho
  • Eslovênia – 1 de junho
  • Espanha – 20 de novembro
  • Estados Unidos da América – 3 de junho (pode variar de estado para estado)
  • Estónia – 1 de junho
  • Etiópia – 1 de junho
  • Geórgia – 1 de junho
  • Guatemala – 1 de outubro
  • Guiné-Bissau – 1 de junho
  • Honduras – 10 de setembro
  • Hong Kong – 4 de abril
  • Hungria – último domingo de maio
  • Iêmen – 1 de junho
  • Índia – 14 de novembro
  • Israel – 9 de abril
  • Japão:
  • 5 de maio – Meninos
  • 3 de março – Meninas
  • Laos – 1 de junho
  • Letónia – 1 de junho
  • Lituânia – 1 de junho
  • Macau – 1 de junho
  • Malásia – 1 de outubro
  • México – 30 de abril
  • Moçambique – 1 de junho
  • Moldávia- 1 de junho
  • Mongólia – 1 de junho
  • Montenegro – 1 de junho
  • Nigéria – 27 de maio
  • Nova Zelândia – primeiro domingo de março
  • Paquistão – 20 de novembro
  • Paraguai – 16 de agosto
  • Perú – 17 de agosto
  • Polónia – 1 de junho
  • República da Macedônia – 1 de junho
  • República Popular da China – 1 de junho
  • República Checa – 1 de junho
  • Romênia – 1 de junho
  • Rússia – 1 de junho
  • Singapura – 1 de outubro
  • Sérvia – 1 de junho
  • Sri Lanka – 1 de outubro
  • Suécia – primeira segunda-feira de outubro
  • Taiwan – 4 de abril
  • Tadjiquistão – 1 de junho
  • Tanzânia – 1 de junho
  • Timor-Leste – 1 de junho
  • Trinidad – primeira segunda-feira de outubro
  • Turcomenistão – 1 de junho
  • Turquia – 23 de abril
  • Uruguai – segundo domingo de agosto
  • Venezuela – terceiro domingo de agosto
  • Vietnã – 1 de junho


Fonte:

Wikipédia